Financie Sonhos

CORAFEST 2018

Comemoração de encerramento emocionou e reuniu famílias

Senhoras e Senhores, é Festa no Corassol! Era como entrar num lugar novo, mágico, um cantinho construído com muito carinho. Por todos os lados, sorrisos, conversas animadas e famílias que chegavam para prestigiar os filhos. Logo na entrada do salão, no clube ADPM (Associação Desportiva da Polícia Militar), as “mandalas” penduradas já anunciavam uma manhã cheia de surpresas, e, na recepção, o abraço de boas-vindas acolhia e enchia os corações de mais afeto. Uma fotografia em frente ao painel azul registrava os pais e as crianças. Uma mãe orgulhosa disse: “Olha, como minha filha está linda”. O calendário marcava 1 de dezembro, e, mesmo com um dia chuvoso, a festa que deixaria na memória momentos de muita felicidade e união, estava para começar.

 

Nas paredes, artes enfeitavam e davam mais vida ao espaço. Na lateral, mesas com deliciosos bolos, lanches e frutas aguardavam a todos. O palco já estava montado e com um cenário de tirar o fôlego. Folhas secas ao chão, árvores pintadas de vermelho, e, ao redor, o “meu mundo”, que representava o planeta Terra azul, cheio de esperança e com belos bonequinhos em cima, como donos do seu próprio lugar. O painel da “Árvore dos Valores” proporcionava cores ao ambiente. E o mais especial: cada detalhe foi pensado e produzido pelas crianças e adolescentes do Corassol.
Os orientadores estavam entusiasmados e se certificavam de que tudo daria certo.

 

E, de repente, o som do berimbau, ao fundo do salão, já avisava que os capoeiristas estavam para começar. Um grande círculo, com os nossos pequenos uniformizados, se formou em frente à plateia. O professor que os acompanhou durante todo o ano, Rafael Aoyama dos Santos, mais conhecido como “Rafael Ligeirinho”, deu início à roda de capoeira, uma grande homenagem à cultura brasileira. As palmas davam ritmo e as canções eram cantadas em perfeita harmonia, enquanto as duplas se cumprimentavam e começavam a jogar capoeira. Uma contagiante troca de energia, onde o respeito pelo esporte e pelos colegas era nítido, e, ao final, a emoção e o “parabéns” do professor.

 

E, antes da próxima atração, uma pausa para um delicioso lanche, preparado pelos nossos “mestres-cucas”, dentro do Projeto “Tem criança na cozinha”. Identificados com seus aventais, eles serviram os convidados, que aprovaram cada receita. Todos satisfeitos, sinalizavam para o momento tão aguardado: o espetáculo “Fases da Vida”.

 

Inspirado nos residentes da “Casa do Vovô”, os nossos atores subiram ao palco. Desde a inocência da infância, a adolescência no mundo tecnológico, os sonhos de voar alto, a fase adulta repleta de compromissos, responsabilidades e a velhice, que traz consigo o contraste de toda uma vida de intensas vivências com a limitações que a idade manifesta, foram representadas durante a peça. A entrega dos atores aos seus personagens emocionava o público, que, à maneira de cada um, ia se identificando com as fases da vida que se descortinavam no palco. Como anjos, que nos tocam para observarmos ao nosso redor e refletirmos, eles interpretaram com o coração, e a música deixava claro a mensagem: “Saber viver é a grande sabedoria”.

 

 

Em contato direto com a plateia, um dos momentos mais lindos, foi quando desceram do palco e entregaram uma flor amarela aos pais. Felizes, eles finalizaram, com um aceno para todos que assistiam. O diretor, Matheus Savazzi, sorriu orgulhoso do belo espetáculo. Mas o evento ainda não acabou e, para fechar com chave de ouro, a apresentação da atividade de musicalização.

Preparados e confiantes, eles cantaram em roda a música: “Para um mundo melhor”. O novo grupo passou segurança na apresentação, produzindo sons com copos, palmas e até mesmo com os joelhos. E, para surpresa de todos, equilibraram os copos na cabeça, em coreografia para lá de contagiante. Assim, o momento da despedida, chegou!

 

E os olhinhos das crianças, orientadores e dos familiares, brilhavam de tanto ver zelo em cada gesto. A mensagem ao final veio com muita gratidão: o melhor presente está em sabermos cooperar , compartilhar com alegria e amizade, sem reservas e aprender uns com os outros. Os orientadores, pessoas tão especiais, que sempre se dedicaram muito, receberam flores vermelhas, que representam o natal.

As famílias presentes ainda puderam participar do coquetel. Uma festa para encerrar um ano maravilhoso, que motivou, transformou, e fez perceber o quão a vida pode ser maravilhosa.

 

Assim, juntos, vamos construir novos projetos, fazer novos amigos, e desejar um futuro de muito amor, porque, no Corassol, estaremos, todos, sempre de braços abertos!

Continue nos acompanhando, porque, nos próximos dias, contaremos as aventuras vividas pelos nossos artistas, nos encantadores meses de outubro e novembro, durantes a preparação CORAFEST 2018.

<<+Fotos>>
Nenhum comentário

Deixe seu comentário