Financie Sonhos

Seja bem vindo (a)

 

Sentimo-nos gratos por você ter considerado o CORASSOL para futuro vínculo de trabalho.

Antes de iniciar seu cadastro leia-o atentamente, como também as considerações abaixo e confirme se tem às mãos tudo que precisa.

 

Havendo dúvidas, esclareça-as antes em ( Fale Conosco ) e retorne posteriormente a esta página de cadastro.

Se não for atendido (a) em 48 horas, informe através de: (16) 3934-9998 (Horário de Expediente) ou (16) 98861-8173 (Whatsapp), pois, com certeza, alguma intercorrência impediu que lhes retornássemos nesse período.

1- Você irá se apresentar para trabalhar no Terceiro Setor, em organização da sociedade civil (OSC), também conhecida como ONG (Organização Não Governamental) ou Instituição Filantrópica, que atua na área de Assistência Social.

Missão, Valores e Políticas do CORASSOL são diferentes do que comumente conhecemos no mundo dos negócios lucrativos, o Segundo Setor. Por isso é importante que você conheça o CORASSOL, para verificar se é o que realmente quer. Com esta finalidade, acesse: (Quem Somos).

 

2- No CORASSOL consideramos imprescindível:

– O olhar amoroso voltado ao próximo, onde o “cuidar-se acontece a partir do cuidar do outro”.

– A gratidão e a solidariedade como princípios de manifestação do Amor Incondicional, que transforma o “eu” através do “nós”.

– O cumprimento da Lei de “Justiça, Amor e Caridade”, para que ações oriundas de interesses pessoais estejam subordinadas às de interesses coletivos, o que leva, sempre, à Paz e à Prosperidade.

– O servir como abençoada oportunidade de exercício da máxima “Amai-vos como eu vos amo”.

Por isso o slogan do CORASSOL é: “Amor e Solidariedade a Serviço da Vida”.

 

3- Seu currículo deve estar atualizado, pois a pré-seleção será feita com base nele. Isto porque a comunicação on-line acelerou os processos e encurtou o tempo de todos nós.

Em tempos de baixa oferta de trabalho no segundo setor e, em qualquer tempo nas instituições beneficentes, a apresentação das competências (*) profissionais e sociais tem importância fundamental na a escolha do seu currículo.

Talvez  a experiência que você considere de menor relevância seja a de maior importância/necessidade para a instituição.

Nessas instituições as múltiplas experiências aplicadas em ações cooperativas e aliadas à disposição de servir fazem a diferença.

 

4- Após ler estas considerações visite nossas redes sociais , conheça mais o CORASSOL – se ainda não o fez – e procure identificar o que você poderá realizar para agregar bons valores e resultados ao trabalho e a você, convertendo-os em benefícios às necessidades da nossa comunidade.

 

 5- IMPORTANTE

Necessitando, não deixe de solicitar colaboração para fazer seu cadastro.

Se para você é difícil “lidar” com currículo, não se intimide e nem desista.

Faça o seu melhor e cadastre-se.

Currículos impecáveis não são sinônimos de bons sentimentos e propósitos nobres.

 

6- Contratação por CLT

É política do CORASSOL não negociar contratação (CLT) com pessoas que estejam com vínculo de trabalho ou residam em outro município. Se for o seu caso, seu currículo será incluído em nosso banco de dados, para oportunidades futuras, e encaminhado aos nossos parceiros de RH.

O que necessitamos que contenha

 

1- Identificação

Nacionalidade, estado civil, data nascimento, idade, filhos que requerem seus cuidados e colocam você em condição diferenciada quanto a sua disponibilidade para o trabalho.

 

2- Endereço completo

Logradouro – nº – Bairro – cidade – UF, telefone e-mail.

 

3- Objetivo

Vaga pretendida (para contratação) ou o que deseja realizar (para outra opção).

 

4- Perfil Profissional

Apresente resumidamente sua competência (conhecimentos, habilidades e atitudes). (*)

Inclua tudo o que você sabe fazer e o que faz bem.

Destaque os benefícios que você proporcionou às organizações onde trabalhou.

Mencione os seus pontos fortes e os que necessitam de melhorias.

 

5- Experiências Profissionais

Para cada uma informe: Empresa, cargo, período e breve histórico.

Comece pela experiência mais recente, mencione as três últimas e as anteriores que evidenciarem competências diferentes. É importante, conforme registramos na consideração de número três (3).

Caso ainda não tenha experiência, informe “Não tenho”.

 

6- Trabalhos Voluntários

Atividades desenvolvidas em escolas, igrejas, associações, grupos, etc.

Por ser um dos grandes diferenciais no Terceiro Setor inclua todos.

Para cada um informe: Instituição, período e trabalhos realizados.

 

7- Formação (Cursos)

Acadêmica (graduações e especializações), Técnica ou Ensino Médio (completo ou incompleto).

 

8- Estágios Obrigatórios

Atividades necessárias à elaboração do TCC-Trabalho de Conclusão de Curso.

 

9- Estágios não obrigatórios

Atividades diretamente ligadas a conteúdos de cursos, não obrigatórias, remuneradas ou não.

 

10- Programas de Intercâmbio
11- Cursos Extracurriculares
12- Cursos Complementares
13- Data da atualização do currículo

 


Competência (*)

A competência consiste na junção e coordenação de conhecimentos, habilidades e atitudes.

 

Conhecimento:

é o que se sabe sobre determinado assunto. Diz respeito à pessoa dominar um determinado Know-how a respeito de algo que tenha valor para a organização e para ela mesma. É o saber.

 

Habilidade:

é a habilidade para produzir resultados com o conhecimento que se possui. Diz respeito à pessoa conseguir fazer algum uso real do conhecimento que tem, produzindo algo efetivamente. É o saber fazer.

 

Atitude:

significa atitude assertiva e pró ativa – iniciativa. Diz respeito ao indivíduo não esperar as coisas acontecerem ou alguém ter que dar ordens, e fazer o que percebe que deve ser feito por conta própria. É o querer fazer.

 

A grande diferença desta visão é que antes a noção de competência era associada principalmente ao domínio de um determinado conhecimento. Logo, segundo esta noção, alguém que dominava muito bem algum assunto era chamado de competente. Então quem saía da universidade “sabendo” muita coisa, ou era um profissional “muito estudioso” era considerada uma pessoa de muita competência. Era… Porque hoje não é mais.

 

Segundo a concepção atual, alguém pode ser considerado bastante incompetente mesmo que domine muito bem um assunto, se não tiver a habilidade e a atitude para produzir resultados com isso. É o caso daquele que leu mil livros, mas não consegue realizar um trabalho sequer.

 

Da mesma forma, alguém entusiasmado e cheio de atitude pode ser um grande incompetente se não dominar os conhecimentos necessários e a habilidade a um bom desempenho de seu trabalho. É aquele indivíduo cheio de planos e energia, que acaba se dando mal por não saber muito bem “o que” e “como fazer”.

Tenha em mente que você apenas será competente em alguma coisa a partir do momento em que dominar bem o conhecimento a respeito dela, for capaz de aplicar este conhecimento para produzir algum resultado e, principalmente, tiver a atitude necessária para realmente fazer isso acontecer.